Meia-palavra é do que preciso
pra encontrar um bom abrigo
e tornear o infinito com meus
sonhos incompreendidos.

Meia-palavra é do que preciso
pra abastecer minha mente de
meias palavras escritas pela metade
distinta da minha parte que pensa
e pinta com tinta fresca as estrelas
que piscam no entorno do meu planeta.

Meia-palavra é do que preciso
pra poder me abster do mundo
por instantes de segundos
e enxergar, ao longe, a via
estendendo-se ao longo
da pradaria guia.

Meia-palavra é do que preciso
pra viver um dia de sorrisos, carinhos
e magias, no olhar de quem brilha e
aparece em meu caminho esguio.

Meia-palavra é do que preciso
pra respirar o presente, num mundo onde
palavrainteira inexiste.